Best intercâmbios e Forest Friend: uma parceria que conserva o seu amanhã

A concepção torna a empresa como a primeira no ramo de intercâmbios no Brasil, a compensar as emissões de poluentes dos intercambistas. Desde a viagem, passando pela estadia e até o retorno para casa. A partir de agora todos os estudantes que embarcam para o intercâmbio, adquirem créditos de floresta para ajudar a preservar a floresta amazônica.

São evidentes as mudanças profundas na natureza ocasionadas pela ação do homem e, infelizmente, estamos sofrendo diretamente com todo o impacto negativo. Nós podemos só observar todas as mudanças ou buscar alternativas para tentar salvar a nossa fauna e flora. Para preservar a próxima geração e conservar o amanhã, a Best Intercâmbios inovou e concretizou a parceria com o programa Forest Friend.

A concepção torna a empresa como a primeira no ramo de intercâmbios no Brasil, a compensar as emissões de poluentes dos intercambistas. Desde a viagem, passando pela estadia e até o retorno para casa. A partir de agora todos os estudantes que embarcam para o intercâmbio, adquirem créditos de floresta para ajudar a preservar a floresta amazônica. “Queremos que as futuras gerações possam vivenciar toda a fauna e flora que hoje temos o prazer de usufruir”, comentou o CEO da Best Intercâmbios Valeriano Martins.

O valor arrecadado para o Forest Friends é repassado para o programa Brasil mata-viva, para ampliar as áreas de preservação e a outra parte vai direto para o proprietário da terra, desta forma o intercambista ajuda a manter a floresta em pé. “A parceria é uma iniciativa pioneira na área de intercâmbios e acreditamos que podemos a ajudar a conservar o amanhã dos nossos filhos”, finalizou o CEO da Best Intercâmbios Gavur Kirst.

Forest Friend
É uma marca registrada da RBC Sustentável e representa a iniciativa de comercialização dos Créditos de Floresta de todos os produtores do Programa Brasil Mata Viva, no mercado de varejo, ou seja, aos consumidores finais. A RBC Sustentável, participa do controle da Fazenda Mataporã, que é um dos maiores produtores individuais do Programa BMV, preservando 10 mil hectares de Floresta Amazônica nativa, pertencente ao Núcleo Arinos, no estado de Mato Grosso – Brasil.

Brasil Mata Viva
Metodologia que foi desenvolvida através de uma rede de empresas parceiras, cuja missão é Gerar e Desenvolver Soluções em Sustentabilidade.
Essa metodologia tem como base o PSA (Pagamentos por Serviços Ambientais), que gera como produto o Crédito Floresta. Esse crédito é gerado a partir da preservação de áreas de florestas (incluindo APPs e Reserva Legal), sejam em propriedades rurais privadas ou em áreas de conservação pública. O Crédito de Florestas é classificado como sendo um “bem intangível, incorpóreo, transacionável e transferível”.
O Programa BMV concilia atividade humana, preservação ambiental, produção de alimentos e de energia renovável, propiciando a manutenção de vida no planeta através de ações que evitam o desmatamento, associadas à melhoria da condição de vida da comunidade local.

FOTO

Mude o seu destino na 3ª Feira de Educação Internacional de Mato Grosso

Palestras, preços exclusivos, novos programas internacionais e um programação intensa para você descobrir o seu próximo destino de intercâmbio.

Nos dias 17 e 18 de março, em Cuiabá (Mato Grosso), das 14h às 20h, no hotel Holiday Inn, a Best Intercâmbios realiza a 3ª edição da Feira de Educação Internacional. Durante o evento, participantes e seus familiares poderão tirar dúvidas com representantes de instituições internacionais, assistir palestras de especialistas da área, além de ter acesso a um atendimento personalizado, que auxiliará a escolher o programa mais adequado ao seu perfil. A expectativa é de que 3.500 pessoas participem do evento. “Aumentamos em 30% o número de instituições internacionais com relação ao ano de 2016, a intensão é apresentar o maior número de possibilidades para os participantes que querem ter uma experiência internacional”, comentou o consultor internacional de intercâmbio, Valeriano Martins.

A busca por intercâmbio tem crescido nos últimos anos. Tanto os jovens como pais têm reconhecido a importância de uma experiência internacional, entendendo que estudar em outro país ajuda no amadurecimento e na capacitação profissional. O contato com pessoas e culturas diferentes colabora para a capacidade de enfrentar as diferentes situações do cotidiano. O domínio de outro idioma também é um fator essencial para o desenvolvimento na vida profissional, independente da área de atuação e é um grande diferencial para a carreira profissional.

Pesquisa realizada pela Belta (Brazilian Educational & Language Travel Association) aponta que o Brasil teve um crescimento de 502% no número de alunos que fazem intercâmbio entre 2003 e 2017.

Os visitantes poderão conhecer as características de países como: Austrália, Canadá, EUA, Inglaterra, Irlanda, Malta, Nova Zelândia, Itália, Alemanha, França, Japão, China e Rússia. “A 3ª edição é uma grande oportunidade para os futuros intercambistas tirarem todas as suas dúvidas sobre como embarcar para o intercâmbio. As possibilidades de estudar no exterior são inúmeras, desde um simples curso de idiomas, até trilhar uma carreira universitária no exterior”, ressaltou o consultor universitário internacional, Gavur Kirst.


Feira de Educação Internacional em 2017

angela missio vancouver canada
Angela Missio descobriu o intercâmbio após a participação na Feira de Educação Internacional em 2017.

A estudante Angela Missio participou do evento em 2017. “Eu assisti várias palestras e conversei com representantes de instituições de vários países e a feira ajudou a definir o destino do meu intercâmbio, comentou a intercambista que atualmente mora em Vancouver, Canadá.

Apesar do cenário econômico de incertezas que o Brasil vivência, a organizadora do evento, Best Intercâmbios está conseguindo manter a frequência anual da feira. “A cada ano ficamos surpresos com a receptividade do público. Em 2016 foram 2.500 pessoas e 2017 quase 3.000 pessoas participaram do evento e os números alcançados após a realização da feira foram extremamente promissores”, comentou o consultor universitário internacional Gavur Kirst. A repercussão da feira fomentou o mercado de intercâmbios no estado e a Best Intercâmbios obteve um aumento de 30% de estudantes que viajaram ao exterior para algum tipo de programa de intercâmbio em relação ao ano de 2016.

Universidades no exterior, High School, Cursos de idiomas no exterior, Intercâmbio esportivo e Summer Camp (viagens de estudo em grupo e estudo) são as opções de programas disponíveis para o público. Segundo o CEO da Best, Valeriano Martins, a proposta é que os participantes recebam o máximo de informações possíveis e serão oferecidos preços especiais exclusivos para a feira: “Será uma grande oportunidade para os estudantes do estado de Mato Grosso conhecerem várias opções de programas de estudos no exterior e o grande diferencial serão as ofertas exclusivas”, comentou Valeriano Martins.

As inscrições poderão ser feitas gratuitamente clicando aqui.

DIAS: 17 e 18 de Março – SÁBADO E DOMINGO
LOCAL: Holiday Inn Cuiabá – Av. Miguel Sutil, 2050 – Jardim Leblon, Cuiabá – MT, 78060-000
HORÁRIO: das 14h às 20h

ENTRADA: GRATUITA

 

 

 

Cuiabá recebe a 3ª edição da maior feira de educação internacional de Mato Grosso

foto feira
Foto Rildo Amorim: 2ª Edição da Feira de Educação Internacional realizada em 2017

Em evento gratuito, participantes terão contato direto com as maiores instituições do mundo de idiomas no exterior, escolas de high school e universidades

Estudar em outro país pode ser o sonho de muita gente, mas dúvidas como a retirada do visto e o destino com o melhor custo-benefício podem adiar a tão esperada viagem. Com isso em mente, a Best Intercâmbios realizará nos dias 17 e 18 de março, a 3ª edição da Feira de Educação Internacional, das 14h às 20h, no Hotel Holiday Inn, em Cuiabá. Durante o evento, que é gratuito, participantes e seus familiares poderão tirar dúvidas com representantes de instituições internacionais, assistir palestras de especialistas da área, além de ter acesso a um atendimento personalizado, que auxiliará na escolha do programa mais adequado ao perfil do intercambista.

Nesta edição a expectativa é de que 3.500 pessoas participem da feira. “Aumentamos em 30% o número de instituições internacionais com relação ao primeiro ano. A intenção é apresentar o maior número de possibilidades para os participantes, que querem ter uma experiência internacional”, explica o CEO da Best, Valeriano Martins.

A busca por intercâmbio tem crescido nos últimos anos. Segundo pesquisa realizada pela Brazilian Educational & Language Travel Association (Belta) o Brasil teve um crescimento de 502% no número de alunos que fazem intercâmbio entre 2003 e 2017.

Tanto os jovens como pais têm reconhecido a importância de uma experiência internacional, entendendo que estudar em outro país ajuda no amadurecimento e na capacitação profissional. O contato com pessoas e culturas diferentes colabora para a capacidade de enfrentar as diferentes situações do cotidiano. O domínio de outro idioma também é um fator essencial para o desenvolvimento na vida profissional, independente da área de atuação e é um grande diferencial para a carreira profissional.

E durante a feira os visitantes poderão conhecer as características de países como: Austrália, Canadá, EUA, Inglaterra, Irlanda, Malta, Nova Zelândia, Itália, Alemanha, França, Japão, China e Rússia. “A 3ª edição é uma grande oportunidade para os futuros intercambistas tirarem todas as suas dúvidas sobre como embarcar para o intercâmbio. As possibilidades de estudar no exterior são inúmeras, desde um simples curso de idiomas até trilhar uma carreira universitária no exterior”, ressalta o consultor universitário internacional, Gavur Kirst.

Feira de Educação Internacional

De acordo com a Best Intercâmbios, apesar do cenário econômico de incertezas que o Brasil vivência, desde a primeira edição a feira tem apresenta aumento no número de participantes. “A cada ano ficamos surpresos com a receptividade do público. Em 2016 foram 2.500 pessoas e 2017 quase 3.000 pessoas participaram do evento”, comenta Gavur Kirst.

O consultor universitário internacional destaca ainda que repercussão da feira fomentou o mercado de intercâmbios no estado e a Best Intercâmbios obteve um aumento de 30% de estudantes, que viajaram ao exterior para algum tipo de programa de intercâmbio em relação ao ano de 2016. “Os números alcançados após a realização da feira foram extremamente promissores e a nossa expectativa para este ano é novamente positiva”, pontua Gavur Kirst.

Para a estudante Angela Missio, que participou do evento em 2017, a feira foi essencial na escolha do intercâmbio. “Eu assisti várias palestras e conversei com representantes de instituições de vários países e a feira ajudou a definir o destino do meu intercâmbio”, ressalta a intercambista, que atualmente mora em Vancouver, Canadá.

Universidades no exterior, High School, Cursos de idiomas no exterior, Intercâmbio esportivo e Summer Camp (viagens de estudo em grupo e estudo) são as opções de programas disponíveis para o público. Segundo o CEO da Best, Valeriano Martins, a proposta é que os participantes recebam o máximo de informações possíveis na feira. “Será uma grande oportunidade para os estudantes de Mato Grosso conhecerem várias opções de programas de estudos no exterior e com um o grande diferencial com preços e ofertas exclusivas”, finaliza Martins.

Para participar não precisa pagar nada, basta apenas fazer a inscrição no site do evento, feira.best.tur.br, e gerar a credencial. Para mais informações o telefone é o (65) 2127-9553.

SERVIÇO

3ª edição da Feira de Educação Internacional

Data: 17 e 18 de Março – sábado e domingo
Local: Holiday Inn Cuiabá – Av. Miguel Sutil, 2050 – Jardim Leblon, Cuiabá – MT, 78060-000
Horário: 14h às 20h
Entrada: gratuita

Site Best